sábado, 6 de outubro de 2012

Projeto: "Afetividade, uma lição de carinho".

CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL JOSEFA DE ALMEIDA COSTA
Turma: Maternal I “A”
Gestora: Naira Caetano
Coordenadora pedagógica: Elisabete Dias Silva
Secretária: Rosilene                                                     
Coordenadora de apoio: Neuda
Educadora regente: Vanilza Ribeiro

Educadoras auxiliares: Lucilene, Taísa, Ivone e Débora
Ano: 2012
Duração: 11/06 a 29/06/2012
PROJETO: AFETIVIDADE, “ UMA LIÇÃO DE CARINHO”!
APRESENTAÇÃO

               O afeto é o princípio norteador da autoestima, sendo assim cultivar e
trabalhar a amizade é algo que não é imediato. Depois de desenvolvido
o vínculo afetivo, a aprendizagem, a motivação e a disciplina como 'meio' para
conseguir o autocontrole da criança e seu bem estar são conquistas s
ignificativas. A afetividade consiste em poder fazer com que a criança receba
o contato físico, verbal, a relação de cuidados, mas isso também implica
conflitos, envolvendo amor e raiva. O afeto refere-se a atitudes e
sentimentos expressados ou presentes no ambiente. Sua maneira de ser, atuar
 e falar é muito significativa.
            Sabe-se que num certo espaço de tempo (os primeiros anos de vida),
 a criança passa por diversas etapas físicas, mentais, sociais e emocionais,
que são fundamentais ao seu desenvolvimento e que influenciarão na
 formação e desenvolvimento de sua personalidade. O comportamento
agressivo aparece como desejo ou possessão de um espaço, brinquedo,
na busca pela atenção de um adulto. Com a entrada na escola, passa
a viver em dois microssistemas (família e escola), gerando conflitos que,
diante de sentimento de impotência para resolvê-los ou de insegurança,
manifestam a agressividade.
JUSTIFICATIVA
           A ideia surgiu através da observação e da necessidade de trabalhar a
afetividade, a amizade, o respeito pelo outro e a importância dele na
nossa vida, partilhando sentimentos,  dizendo e ouvindo o que o outro
pensa, transformando as ações em um ato de afeto e carinho. Dessa
maneira, é interessante a proposta de atividades que façam com que a criança
se coloque no lugar do outro. Para que os estímulos tornem produtivos, é preciso
 que nós educadores procuremos meios de amenizá-la. Portanto este
projeto foi estruturado procurando métodos, a fim de amenizar tal agressividade.

OBJETIVO GERAL
 
Mostrar ao aluno a importância do afeto com as pessoas. Que ele compreenda
que precisamos das pessoas para viver e tenha consciência de que é preciso
respeitar e valorizar o "outro".

  OBJETIVOS ESPECÍFICOS

©       Utilizar a linguagem oral como meio de ampliação do vocabulário e
pensamento organizando as ideias e contar suas próprias experiências;
©       Demonstrar equilíbrio nas relações, atitudes de cooperação, respeito,
afeto e aceitação perante os demais colegas;
©       Realizar atividades de grafia, recorte, colagem e desenho;
©       Entrevistar funcionários da unidade;
©       Desenvolver nas crianças as competências sociais;
©       Destacar como lidam com as quatro emoções básicas: medo, alegria,
tristeza e ira;
©       Vivenciar situações de socialização e interação com a família e amigos;
©       Desenvolver a criatividade e a imaginação através das atividades
propostas;
©       Cuidar de si e do próximo;
©       Respeitar limites e obedecer a regras;
©       Desenvolver o raciocínio lógico, a lateralidade, sequencias e seriação; capacidade de situar cronologicamente os fatos para organizar seu
tempo e suas ações, orientando-se também no espaço.

CONTEÚDO
Linguagem oral:
©       Discriminação auditiva e visual.
©       Expressão oral (histórias, contos, músicas, teatro, etc.).
©       Estudo do próprio nome;
©       Coordenação motora;
©       Sentimentos;
©       Palavras mágicas;
©       Receitas.
Lógico/matemática:

©       Estruturas lógicas: discriminação – comparação – identificaçã
cor – forma – tamanho;
©       Conceito de lateralidade (esquerdo e direito);
©       Orientação espacial: antes/ depois/ atrás/ na frente/ fechado/ aberto/
de costa/ em cima/ debaixo/ em pé/ deitado/ sentado/ longe/ perto;
©       Coordenação motora;
©       Discriminação audiovisual;
©       Sequencia e seriação;
©       Desenvolver noção de contagem.
Artes:
©       Recortes e colagens;
©       Desenho e pinturas;
©       Músicas;
©       Sucata;
©       Argila e massinha;
©       Dramatização.
Movimento:
©       Expressividade;
©       Dança;
©       Equilíbrio e coordenação;
©       Esquema corporal;
©       Brincadeiras e jogos diversos;
©       Música.
Natureza e sociedade:
©       Identificação do EU/outro;
©       Regras de convivência em grupo e o uso do espaço coletivo;
©       Higiene corporal (mãos, dentes, uso do banheiro).

RECURSOS METODOLÓGICOS:
©       Livros, revistas e jornais, CD/som, TV/filmes, material de largo alcance,
papéis diversos, lápis coloridos, giz, giz de cera, hidrocor, tintas e pincéis,
máquina fotográfica, livros de literatura infantil, cola, tesoura,
fichas, figuras, tnt, bastão e pistola de cola quente, flores, livro dos
sentimentos e outros conforme a necessidade.
PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS:
©       Trabalhar com o vaso de flores para expressarem seus sentimentos
 (alegria e tristeza);
©        Propiciar um momento diário onde as crianças digam
 "Bom dia" aos amigos;
©       Confecção de cartazes;
©       Jogos e brincadeiras diversos e cooperativos;
©       Fazer o trabalho de identidade, sobre ela para que os amigos a
conheçam melhor e aprendam a respeitá-la;
©       Pesquisar em revistas pessoas diferentes (alto, baixo, gordo, magro...)
para observarem as igualdades e diferenças no grupo;
©       Propiciar momentos onde as crianças presenteiem os aniversariantes do
 primeiro semestre, mostrando a importância de ser carinhoso;
©       Criação do cartaz com recortes de revistas e livros com o tema:
“Ser Amigo é!”.
©       Confeccionar juntamente com as crianças “carinhas” montando em               seguida com essas carinhas o Mural dos Sentimentos e expor em locais de
circulação da Creche
© Leituras, dramatizações, contações de histórias, fabulas e outros;
©       Desenho, colagem, recorte e pinturas com diferentes materiais e técnicas;
©       Brincar com materiais de largo alcance; pedagógicos e brinquedos
variados, músicas (canções de roda, mímica);
©       Contacto lúdico com alimentos e confecção do caderno de receitas;
©       Vivência das festas escolares;
©       Conversas com os pais para conscientizá- los da importância do projeto
e da efetiva participação de todos;
©        Rodas de conversa com as crianças para estabelecimento de
combinados com relação aos cuidados com o (a) amigo (a);
©       Caixa surpresa;
©       Outros conforme a necessidade no decorrer do projeto.
CULMINANCIA:

   ©  Festa com lanche diferenciado; som e cd diverso; TV com fotos das
crianças; amigo secreto entre as crianças, educadoras e a participação dos
 pais; exposição de todos os trabalhos e atividades feitas pelas mesmas;
cantinho da leitura; DVD: Galinha pintadinha. 

AVALIAÇÃO:
Os alunos estarão sendo avaliados globalmente durante o               desenvolvimento do projeto, através da observação contínua no                    desenvolvimento de novos hábitos em relação a si e ao próximo através dos depoimentos e relatos diários. No desempenho de suas atividades, no         desenvolvimento da atenção, interesse assimilação e aprendizagem; nas                relações e manifestações com os amigos e educadores;  dificuldades e suas     expressões relacionadas ao seu desenvolvimento. Nas atitudes positivas ou        negativas com relação às atividades; capacidade de cooperação e                aproveitamento de tempo.
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:
GUILHERME, Yvone. Projeto Ciranda da Diversidade: Tema 03: “Uma Lição de Carinho”, Trabalhando a Agressividade e a Afetividade na Creche. Oito de junho de 2011. Disponível em < http://crechejoannadeangelis.blogspot.com.br/2011/06/projeto-ciranda-da-diversidade-tema-03.html >. Acessado em 12 de Junho de 2012.
SETOR PSICOPEDAGÓGICO E SOCIAL DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. PROJETO AFETIVIDADE EM SALA. 8 de junho de 2011, Patos. Disponível em < http://sppseducao.blogspot.com.br/2011/06/projeto-afetividade-em-sala.html >. Acessado em 11 de junho de 2012.
CANDREVA, Thábata. A agressividade na educação infantil: o jogo como forma de intervenção. Revista pensar a pratica v. 12, n. 1 (2009). Disponível em < http://www.revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/4520/4695 >. Acessado em 11 de Junho de 2012.
                                                                                                       
MATOS, Renata. Projeto Afetividade. Foz do Iguaçú, abriu 2007. Disponível em < http://blog.educacaoadventista.org.br/caixinhadedescobertas/index.php?op=post&idpost=9&titulo=Projeto+Afetividade >. Acessado em 11 de junho de 2012.


RELAÇÃO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
*      Roda de conversa onde foi apresentado o projeto Afetividade, “uma lição
 de carinho” através de um cartaz com o nome do mesmo e dialogando o
porquê do projeto e algumas atividades que iríamos realizar.
*      músicas onde as crianças realizavam os gestos e incentivavam o toque
entre as crianças e outros;
*      Passeio à quadra do CMEI para colher materiais da natureza.
*      Colagem do material da natureza no papelão;
*      Histórias;
*      Caixa surpresa com objetos das crianças, dos educadores e da sala;
*      Apresentação de fichas com imagens sendo elas carinhas do sentimento:
choro, alegria, triste, raiva, susto, medo, sono, amor e mais uma dando língua;
*      “hoje eu estou...”, onde as crianças de inicio fizeram um carimbo com
 tinta guache em forma de circulo focalizando as cores: azul, vermelho,
amarelo e verde. Em outro momento a tarde chamei um por um e perguntei
como ele estava hoje, levando-os até  as carinhas exposta na sala.
Mostravam e então  respondiam com clareza e firmes.
*      Dia do abraço: cartaz “receba e doe abraços com muito carinho” e
braço confeccionado com TNT;
*      Amigo feliz, onde as crianças fizeram um desenho em uma folha
 chamex, a qual tinha o objetivo presentear seu coleguinha com seu
desenho;
*      Ginástica com a utilização de planchas confeccionado com papelão
e tnt;
*      Dialogo sobre a alegria e a tristeza com demonstração de flores vivas e
 murchas. Continuando na roda de conversa dialogamos sobre o tema
“ser amigo”, focando o respeito, amizade, importância, carinho, amor e muito
mais com nossos amigos. Em seguida fomos para fora de a sala pesquisar em
revistas e livros, recortar e colar criando assim o cartaz “ser amigo é”;
*      Brincadeiras com brinquedos de largo alcance, pedagógicos e outros;
*      Passeio com o objetivo: o cuidado com o coleguinha onde cada um
cuidou do outro;
*      Culminância do projeto Afetividade, “uma lição de carinho”: amigo 
 secreto entre as crianças e educadores e lanche especial, exposição das
atividades realizadas, música ambiente, TV com fotos das crianças,
cantinho da leitura e a presença dos pais.


































6 comentários:

  1. AMEI..
    ESTA ESCOLA..
    ESTE PROJETO...
    ESTAS CRIANÇAS...
    TRABALHAR COM VOCÊ TIA NILZA....
    BJOS

    ResponderExcluir
  2. Adorei as ideias vou utilizar com meus alunos ...
    obrigada !!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!!! Lindo Projeto

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso!! amei esse projeto

    ResponderExcluir
  5. amei este projeto e também tudo do seu blog!!!!! parabéns

    ResponderExcluir